quinta-feira, 17 de abril de 2014

Experiência de Quase Morte (EQM)

O tema sobre a EQM (Experiência de Quase Morte) desperta o interesse pelo mistério que possa envolver.

Ficam muitas perguntas sem respostas e algumas interpretações considero satisfatórias, ainda que subjetivas. Tenho como verdadeiro que não se pode ter, pelo menos até os dias atuais, uma palavra final sobre o referido tema.

Com as novas técnicas de ressuscitação desenvolvidas nas últimas décadas, vieram à tona mais relatos de EQM. Os relatos mais comuns e variados desta viagem anímica relacionam a visão de uma luz, um túnel ou um filme da própria vida...outros sentem-se impulsionados por uma espiral...bem como ouvi de um conhecido que era o "nada", que entendi como um sono profundo e sem sonho...

Faço uma analogia da EQM com a contemplação mística da consciência pairando acima do corpo deitado e percebendo-o...hoje entendo o processo dentro da natureza: a energia do corpo expandindo-se...simples...

Dizem os neurologistas que em certas pessoas que chegam muito perto da morte, são ativadas as mesmas partes do cérebro que entram em ação quando sonhamos.

Li certa vez que a pessoa sonha, após a sua morte.

Particularmente não acredito que na EQM o chamado estado intemporal, no qual o passado, presente e futuro são um só, seja eterno...

Acho provável que o sonho após a morte possa ocorrer enquanto houver a energia potencial no corpo.

Deixo claro que não sei a resposta:

O sonho após a morte é ou não é consciente?

Parece-me a EQM uma viagem em outra dimensão...

Nenhum comentário: