sexta-feira, 21 de março de 2008

Educação dos Filhos é bíblico.

Pela passagem da semana santa lembrei-me do argumento que segue.
Verifica-se que atualmente um grande número de psicólogos inspiram-se
em conceitos bíblicos, no tocante à educação, em seu amplo sentido.
Na área da educação é grande o número de profissionais que preferem
usar de eufemismos inócuos no trato com os discípulos.
Aparentar erudição é mais importante do que educar?
Evidente que o educando merece um tratamento humano, bem como o
educador, embora na prática isto nem sempre acontece...
Existe uma linha de pensamento em PNL (programação neuro-lingüística),
que nos lembra que vivemos com conceitos antigos, e que é necessário
reformular estes conceitos.
Na bíblia encontramos uma exposição didática sobre a educação dos filhos,
uma leitura edificante.
Mediante a exposição destas idéias, reformulando um conceito bíblico em
nosso contexto, quando em educação dos filhos lemos: "Dê-lhe vara", uma
boa reformulação deste conceito: dê-lhe amor, consciência, responsabilidade...
Um conceito que nem precisa de reformulação:
"Sem disciplina não tem aprendizagem".

Nenhum comentário: