domingo, 12 de julho de 2009

Enriquecimento ilícito.

Considero importante manifestar algumas considerações sobre o enriquecimento ilícito.
Quando se fala sobre as grandes fortunas, é inevitável a pergunta:
Enriquecimento ilícito?
Porque esta é a regra...
Enriquecimento lícito às custas do labor de quem enriqueceu, são exceções...ainda que ideal às pessoas de labuta...e que na maioria das vezes nem sequer compartilham do essencial...
Resumindo:
Quem exerce alguma atividade, mereceria, no mínimo, uma renda justa...pro labore...
Não se trata aqui de compatibilidade com a inveja, mas sim bom senso e um olhar de compaixão para com o sofrimento dos irmãos que vivem na miséria...

Aos corruptos, data venia, enriquecimento ilícito motiva a indignação, pela afronta covarde de predadores, por consequência degenerados, contra os povos...ninguém precisa de tanto para viver...repugnante...falando em bom português: falta de vergonha na cara...(de pau...diga-se de passagem)...é a escória considerando-se o supra summum, com direitos exclusivos a privilégios...marginais que se consideram acima da lei...estes delinquentes desestabilizam a evolução das nações...são muitos os políticos que colocam em cima a própria turpis causa, usando os bens pertencentes à União como sendo deles próprios...falta de dignidade...(esta é a regra...as exceções lamentavelmente são a minoria).






Nenhum comentário: