quarta-feira, 1 de julho de 2009

Modo de pensar.

Que a minha amizade não invada a sua privacidade, e vice-versa...

Não é sensato confiar em quem suspeita de nós.

Que motivo tenho para confiar em quem duvida de mim?

Amor é mais uma questão de atitudes que de poesia.

Em geral é mais confiável quem confia.

Desconfiado não significa, necessariamente: confiável.

Nenhum comentário: