quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Preconceito e a Discriminação positiva

Discorrendo sobre os temas sem a pretensão de uma escrita erudita, por ser fora da minha área, em muitos casos, em lugar da psicologia sigo por um caminho que suponho coerente, através da observação do viver em comum, como também considerar preconceito na acepção da palavra.

O Preconceito tem sua origem na ignorância, e pode levar à: injustiça, discriminação, marginalização, violência. Esta ignorância causa a inveja... o medo... é uma forma de autoritarismo. Num olhar mais atento percebe-se que o preconceituoso não tem auto-estima, por raciocinar mal, muitos pensam que se engrandecem ao diminuir os outros, tentam humilhar para não serem humilhados...Esta face malévola tem como alvo as pessoas originais, bem como muitas de excelente caráter, apenas por serem diferentes...dos preconceituosos, evidentemente...
O preconceito é o reverso da discriminação positiva.

A Discriminação Positiva é cautelosa e preventiva, uma vez que separa as pessoas: preconceituosas... de maus costumes... ou comportamentos degradantes. .. A ingenuidade de uma criança pode não saber a diferença entre um homem de bem e um criminoso, cito isto como exemplo. Convém separar o certo do errado, sem máscaras nem hipocrisia. As pessoas são diferentes...

Inferindo:
Que consideração merece um preconceituoso?
Preconceituosos também são discrimináveis.

O homem pode ser: consciente ou inconsciente de suas limitações.
Quanto ao inconsciente de suas limitações, neste estado, não há o que fazer...

Um comentário:

Marcos Vinicius Gomes disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.